love will tear us apart
Prólogo mensagem fotografias Theme
“Eu estava instalado no vazio, na inexistência, e aceitava isso. Tudo isso fazia de mim uma pessoa desinteressante. Mas eu não queria ser interessante, era muito difícil.”

— Charles Bukowski
“Aos 17 anos todo mundo é poeta, junto com as espinhas da cara, todo mundo faz poesia. Homem, mulher, todo mundo têm seu caderninho lá dentro da gaveta, e têm os seus versinhos que depois ele joga fora ou guarda como mera curiosidade. Ser poeta aos 17 anos é fácil, eu quero ver alguém continuar acreditando em poesia aos 22 anos, aos 25 anos, aos 28 anos, aos 32 anos, aos 35 anos, aos 40 anos, eu estou com 41, aos 45 anos, aos 50, aos 60 anos, até você encontrar um poeta, por exemplo, como Drummond ou como o admirável Mário Quintana que são poetas que estão fazendo poesia há mais de 60 anos e há mais de 60 anos que a poesia é o assunto deles. Então eu acho que 90%, mais! 99% dos poetas que estão fazendo poesia hoje, daqui a dez anos eles vão estar fazendo outra coisa, porque vem a vida, vem os filhos, vem preocupações com dinheiro, vem as ambições do consumo, vem a necessidade de comprar isso, comprar aquilo, de adquirir uma casa na praia e tal, e tudo começa a se tornar mais importante do que a poesia. A poesia é uma espécie de heroísmo, você continuar ao longo dos anos acreditando nessa coisa inútil que é a pura beleza da linguagem, que é a poesia, é um heroísmo, é uma modalidade quase, às vezes eu gostaria de acreditar, de santidade. É uma espécie de santidade da linguagem. Porque a poesia não vai te fazer rico de jeito nenhum, é muito mais fácil você abrir uma banquinha e vender banana do que fazer poesia.” Paulo Leminski
“Se naquele instante - refletiu Eugênio - caísse na Terra um habitante de Marte, havia de ficar embasbacado ao verificar que num dia tão maravilhosamente belo e macio, de sol tão dourado, os homens em sua maioria estavam metidos em escritórios, oficinas, fábricas… E se perguntasse a qualquer um deles: “Homem, por que trabalhas com tanta fúria durante todas as horas de sol?” - ouviria esta resposta singular: “Para ganhar a vida”. E no entanto a vida ali estava a se oferecer toda, numa gratuidade milagrosa. Os homens viviam tão ofuscados por desejos ambiciosos que nem sequer davam por ela. Nem com todas as conquistas da inteligência tinham descoberto um meio de trabalhar menos e viver mais.” Olhai os Lírios do Campo, Erico Verissimo
“Eu moro em mim mesmo. Não faz mal que o quarto seja pequeno. É bom, assim tenho menos lugares para perder as minhas coisas” Mário Quintana.
“nada que é triste é bonito. mas você se identifica. assume, põe placa, banca e etcetera. você aceita aquela tristeza. como sua. e soa bonito mesmo. mas não é. não há beleza na dor. mas gostamos de dizer. sempre digo por aí, sempre grito que isso de sentir e sofrer é particularmente e encantadoramente lindo, finito e outro adjetivo, se aparecer. faço isso. faço. tento te dar um abraço. um carinho. duas doses de afeto no lugar da tequila. mas não tem jeito, criança. sá ferida não é bonita. tentar esquecer é lembrar sem assumir. somos reféns de lembranças. é a maré. e ela vai te engolir sem beleza alguma se você deixar. se você quiser.” — paris, 1992
“O tempo é a cruz de todos.” Charles Bukowski
“A lua passou por todas suas fases e ninguém notou. As estrelas estavam no céu e ninguém se interessou por elas. Todos andavam pela rua molhada, mas ninguém notou a chuva. Penso em tanta coisa que passa por ai despercebido. Penso se elas são sem importância. Penso se também sou. Penso até quando vou viver sendo lua, estrela e chuva.” Livros Roubados
“Uma vez eu ouvi na rua, dois jovens conversando sobre poetas, um garoto disse que poetas são senhores de mais ou menos 80 primaveras, de barba grande e poucos fios de cabelos grisalhos, de voz rouca, tossindo muito por causa do charuto e bêbados ao extremo sendo possível sentir o odor de whisky impregnado no velho casaco de couro marrom, com uma camisa social branca amarrotada e uma gravata folgada. Muitas vezes de bermuda ou calça arremangada até os joelhos e um chinelo de couro gaúcho. O outro garoto disse, nem todos são assim, tem poetas que podem ser pessoas “normais” , podem ter poetas que são jogadores de futebol, ou até advogados, os professores de literatura das faculdades são poetas, os bibliotecários são poetas, as meninas que escrevem nos diários são poetas. Os redatores de jornais são poetas. Até um rapaz preso em um engarrafamento no trânsito pode fazer poesia. Ser poeta não é ser velho e bêbado, ser poeta é poder transmitir tudo o que sente em algumas palavras e versos.” Setembriar
“Você vai me ver com outros olhos, ou com os olhos dos outros?” Paulo Leminski.  
“sou um ser
de muitas almas
me estico
multiplico
sou o que queres ver” Elisa Bartlett
“O mal do século XXI
É o mal de alzheimer que aflora nessa gente:
Esquece que falou.
Esquece que sentiu.
Esqueceu que amou.
Esquece que existiu.” O Boteco
“Para algumas pessoas eu não mostro nem metade do que realmente sou. Não por medo, mas por não valer a pena mesmo.” William Shakespeare.

a vida as vezes dá um rodopio do tamanho do universo e acaba caindo no buraco negro existente em algum lugar dessa imensidão. 


1



Theme